Uma reunião solidária

Amanhã sexta-feira, dia 15 de Fevereiro, vai realizar-se no salão do edifício da Junta de Freguesia de Avintes, uma reunião que vai juntar na mesma sala, os membros do executivo da Junta de Freguesia, os membros da Assembleia de Freguesia e representantes das IPSS de Avintes (AS, ASMRA, CSMMC, FJOL), do Agrupamento de Escolas, das Associações de Pais, do Centro de Saúde, da Misericórdia de Gaia, dos Vicentinos, das Igrejas de Avintes (Católica e Adventista), da GNR de Avintes e dos Bombeiros de Avintes (julgo não me ter esquecido de ninguém que foi convidado).

 

O convite para esta reunião foi da Sra. Presidente da Assembleia de Freguesia, no seguimento de uma proposta  apresentada, na última Assembleia de Freguesia de Avintes do passado dia 11 de Janeiro, pelos eleitos do Partido Socialista (ver AQUI a proposta aprovado por unanimidade) e tem como objetivo principal:

 

 a troca de informações e a procura de soluções para se possa apoiar o melhor possível especialmente as crianças, jovens e idosos, mas também todos cidadãos e as famílias que estejam de algum modo a passar dificuldades económicas em Avintes.”

 

Muitas vezes a informação e o conhecimento dos problemas fica dentro das “paredes” de cada uma das instituições e por isso pretende-se com esta reunião juntar todos na mesma sala e cada um trazer o seu conhecimento sobre a realidade avintense, ao mesmo tempo que pode dizer o que já está a fazer, o que ainda pode fazer ou o que pensa que é preciso fazer, para se ajudar os que  mais precisam.

 

Espero sinceramente, ainda mais numa semana que infelizmente Avintes foi notícia pelas piores razões, com a morte de um cidadão devido a ter acendido um fogareiro dentro do quarto para se aquecer do frio (ver notícia aqui), que esta reunião consiga trazer para a “luz do dia” (salvaguardando no entanto o mais possível os cidadãos da exposição pública) os problemas e as dificuldades de muitos avintenses, mas que também possa servir para se encontrar algumas soluções para ajudar esses mesmos avintenses.

 

Naturalmente que uma freguesia por si só, não tem muitas capacidade para resolver a imensidão dos problemas que estão a surgir, mas estou confiante (embora também realista) e quero acreditar que todos juntos, forças politicas, sociais, religiosas e de segurança de Avintes, seremos capazes de encontrar caminhos para ajudar a minorar as dificuldades dos que mais precisam.

 

Todos nunca seremos de mais e Avintes precisa de todos!

publicado por Cip Castro às 19:19 | comentar | favorito