31
Out 11

O Parque Biológico foi premiado!

publicado por Cip Castro às 11:53 | comentar | favorito
31
Out 11

Teatro e Fotografia nos Plebeus

 

Já começou no dia 22 de Outubro e prolonga-se até 17 de Dezembro o 31º Encontro de Teatro dos Plebeus.

Simultaneamente decorre uma exposição de fotografias do avintense Pereira Lopes.

Duas excelentes iniciativas culturais em Avintes, a não perder!

 

 

publicado por Cip Castro às 10:52 | comentar | favorito
26
Out 11
26
Out 11

Um NÃO que pode fazer muita diferença!

Vai hoje, na reunião pública da Câmara Municipal de Gaia, ser analisado o ponto sobre a nova Lei das Incompatibilidades e Acumulações  entre as funções nas Câmara Municipais e Assembleia Municipais e as Empresas Municipais.

 

 

Este ponto é de grande importância para o futuro imediato de Avintes, concretamente quanto à continuidade no cargo pelo actual Presidente da Junta de Avintes, Dr. Nuno Oliveira.

 

Os presidentes de Junta têm por competência própria serem membros da Assembleias Municipais e este facto pode obrigar a que o Dr. Nuno Oliveira tenha de optar entre ser Presidente da Junta de Avintes ou Vice-Presidente da empresa municipal Águas e Parque Biológico.


Se isso acontecer, como já foi comunicado pelo Dr. Nuno, ele escolherá (naturalmente e compreensivelmente) o Parque Biológico.

 

Pela minha parte só lamento que tudo isto não tenha sido devidamente ponderado e acautelado antes das eleições pelos responsáveis do PSD e do CDS de Avintes e muito especialmente pelo Dr. Filipe Menezes e pelo Dr. Nuno Oliveira, evitando-se que agora a Junta de Avintes e os Avintenses fiquem defraudados com a saída da pessoa em quem os Avintenses maioritariamente votaram e escolheram para seu Presidente da Junta.

 

É que embora a lei (conforme se pode ver abaixo) tenha sido ligeiramente alterada, a verdade é que desde o início do mandato, o Dr. Nuno estava legalmente impedido de ser Presidente da Junta e na altura Presidente Executivo do Parque Biológico e só através da hábil colocação de um NÃO antes da palavra EXECUTIVO permitiu que o verdadeiro Presidente EXECUTIVO do Parque Biológico, que sempre foi o Dr. Nuno Oliveira, fosse simultaneamente Presidente da Junta de Avintes e Presidente NÃO EXECUTIVO do Parque Biológico!

 

Todos sabem que o Dr. Nuno não foi o meu candidato, mas o Dr. Nuno era o meu Presidente da Junta, pois eu respeito a vontade democraticamente manifestada pelos Avintenses, pelo que a confirmar-se o que já é assumido inclusive pelo próprio, volto a repetir, lamento que o Dr. Nuno Oliveira deixe a Junta de Freguesia e temo muito pelas consequências que este abandono (ainda que forçado) possa originar na nossa Junta de Freguesia de Avintes, principalmente pelo que se assistiu, no seio da maioria PSD/CDS, nas duas últimas Assembleias de Freguesia de Avintes.

 

Aguardemos pelos próximos capítulos desta até agora triste e pouco digna novela!

 

------------------------------------------------------------------

 

publicado por Cip Castro às 15:02 | comentar | ver comentários (2) | favorito
18
Out 11
18
Out 11

Debate: Qual o futuro de Avintes, após a reforma administrativa do país?

Numa altura em que se vai começar a debater, um pouco por todo o lado, a reforma administrativa do nosso país, será importante que todos os avintenses dêem o seu contributo.


Não fiquem em casa e depois culpabilizem os outros pelo que acontece. Venha participar neste debate.


O futuro de Avintes depende de todos nós.

publicado por Cip Castro às 12:22 | comentar | favorito
14
Out 11
14
Out 11

A palavra aos amigos do Avintes Blog - 13

Há vários meses que não dava espaço aos amigos do Avintes Blog:


De: Daniel Monteiro da Fonseca
Data: 11 de outubro de 2011 23:51
Assunto: Re: Um ponto final, num edifício com muita história!
Para: Cipriano Manuel Castro

Prezado Cipriano
É realmente uma pena. Este prédio tem muita história e significado para Avintes.
Lembro dos ensaios do grupo folclórico das Padeiras de Avintes e das famosas distribuições de roupa das Florinhas.
Foi uma excelente homenagem que vocês fizeram na Junta às Florinhas, em 2009.
Grande abraço
Daniel

 

--------------------------------------------------------------------

 

Joaquim Gonçalves de Oliveira

(sobre o post: Um ponto final, num edifício com muita história!)


Conheço este lugar desde outros carnavais.

(Eu sou o pirata da cara pau, do olho de vidro, da cara de mau.)

Aqui, comecei a sofrer influencias brasileiras, nos bailes de carnaval dos anos 40 do Grupo Merito.

Saudades.

Terça-feira às 17:36

 

 

-------------------------------------------------------------------

Jose Lopes Silva (sobre o post: Um ponto final, num edifício com muita história!)
Com profunda saudade, amigo Ci, me lembro dos bons velhos tempos passados naquela casa. As dificuldades, as Vitórias, algumas ( como bem dizes ) derrotas mas principalmente a Camaradagem e a Amizade. Aos bons momentos da nossa vida e a tudo o que nos liga - AVINTES SEMPRE
publicado por Cip Castro às 14:56 | comentar | favorito
11
Out 11
11
Out 11

Um ponto final, num edifício com muita história!

Nesta vida tudo tem um princípio e um fim e ontem, com grande tristeza minha, coube-me a ingrata tarefa de enquanto actual Secretário Coordenador da Secção de Avintes do PS, pôr um “ponto final” oficial na primeira e até agora única Sede da Secção de Avintes do Partido Socialista.

 

Aberta em Agosto de 1974 foi durante 38 anos a sala de reuniões e de encontros dos socialistas avintenses, por onde passaram desde os simples militantes anónimos locais a destacados dirigentes concelhios, distritais e mesmo nacionais.

 

Foi um local onde se comemoraram grandes vitórias, algumas derrotas, onde se debateram muitos assuntos, principalmente relacionados com Avintes, mas também assuntos regionais e mesmo nacionais, foi um local onde se discutiu politica, mas também se tomou café, jogou cartas, dominó, ou viu televisão.

 

No inicio, nos “gloriosos” primeiros anos da “Revolução dos Cravos”, era um local diariamente frequentado pelos militantes, nessa altura sempre muito activos e participativos, quer no debate politico, quer no simples convívio diário para tomar café ou beber uma cerveja, principalmente nas quentes noites do “Verão de 75”, depois lentamente com o apagar-se da “chama revolucionária”, passou a ser local apenas de reuniões dos militantes e das eleições internas do partido.

 

Sendo um edifício com mais de 100 anos, enquanto a estrutura do mesmo o permitiu os dirigentes do PS foram fazendo a sua conservação interior e mesmo em pequenas partes ao nível exterior, mas com o decorrer dos anos e não havendo as necessárias manutenções exteriores, principalmente ao nível do telhado, as infiltrações das chuvas tornaram o espaço com muito poucas condições de habitabilidade e agora já mais recentemente, ameaçando ruína, pelo que por decisão (“dolorosa” face ao que aquele espaço significava principalmente para os mais antigos) dos militantes do PS da Secção de Avintes, reunidos em Assembleia-geral de Militantes, decidiu-se entregar de livre vontade e definitivamente as instalações aos seus proprietários.

 

Foi o que ontem concretizei, tendo sido acompanhado, nesta para mim ingrata tarefa, por um dos militantes fundadores da secção, Daniel Castro (Lelo), que alegremente em 1974 assinou o contrato de aluguer e agora tristemente entregou as “chaves” aos actuais proprietários.

 

Mas o curioso é que estas instalações, que abrigaram nos últimos 38 anos a sede do PS Avintes, têm uma história de mais de 100 anos!

 

Na verdade o Grupo Mérito Dramático Avintense, fundado em 8 de Fevereiro de 1910, teve desde essa data e até 1963, naquelas mesmas instalações a sua sede, pelo que dentro daquelas 4 paredes, durante mais de 50 anos houve muita cultura, muito teatro e muita beneficência.

 

Por isso muito do que o Mérito é hoje começou também naquele espaço!

 

Mas não fica por aqui a história daquele edifício, antes de se ter tornado a sede do PS Avintes!

 

Depois de o Grupo Mérito ter mudado para a actual Sede na Rua 14 de Maio, no ano de 1963, aquelas instalações passaram da cultura para o ensino, tendo sido lá que no período entre 1963 a 1974 (não sei exactamente durante quantos anos), decorreram as primeiras aulas do ensino “secundário” em Avintes, concretamente as aulas da TELE ESCOLA, ministradas durante a tarde via televisão e acompanhadas depois naquelas salas, creio que pelos professores Américo Esteves e Ramos.

 

E é assim que de forma inglória, e pelas “minhas mãos”, provavelmente terminará (pois não me parece que os actuais proprietários tendo deixado o prédio degradar-se a tal ponto, o pretendam recuperar) a vida de um edifício que no seu interior, muito “guardará” (enquanto resistir de pé) da história da cultura, do ensino e da política de Avintes, nos últimos 100 anos.

Vista aérea do Edifício

Aspecto edifício antes de se tornar na Sede do PS Avintes

 

As "Florinhas de Avintes" na entrada do edifíco ainda sede do Grupo Mérito (anos 50 do Séc. XX)

Interior do edifício, na altura sede do Grupo Mérito, numa organização das "Florinhas de Avintes".

publicado por Cip Castro às 11:02 | comentar | ver comentários (2) | favorito
08
Out 11
08
Out 11

Ilusões, desilusões e responsabilidades

Foi com preocupação que assisti na passada terça-feira, durante uma surpreendente assembleia de Freguesia de Avintes, ao anúncio oficial por parte do Presidente da Junta, Dr. Nuno Oliveira, de que devido a uma (quase certa) alteração da lei, poderá ser impedido de ocupar em simultâneo o lugar de Presidente da Junta com o de Administrador do Parque Biológico e se essa alteração da lei vier a ser definitivamente aprovada e publicada em Diário da República o Dr. Nuno Oliveira optará pelo Parque em detrimento da Junta!

 

É que estamos apenas a meio do mandato (2009-2013) do Executivo da Junta de Avintes, de maioria PSD/CDS.

 

Gostaria por isso de aqui recordar que logo após o anúncio da disponibilidade do Dr. Nuno Oliveira, para uma recandidatura à Junta de Freguesia de Avintes, feita em Abril de 2009 ao Jornal Notícias de Avintes, manifestei as minhas dúvidas quanto à verdadeira possibilidade do Dr. Nuno Oliveira para ser Presidente da Junta de Avintes.

 

Depois disso e já mais em cima do ato eleitoral, também o Partido Socialista através de um panfleto eleitoral alertou os Avintenses para a existência de incompatibilidades legais que impediam que o cargo de Presidente da Junta de Avintes fosse ocupado por alguém que fosse simultaneamente Administrador Executivo de uma empresa municipal.

 

A maioria dos Avintenses, pouco ou nada se preocupou com isso, e a coligação PSD/CDS ganhou as eleições para a Junta de Avintes, mas para honrar o seu compromisso com os Avintenses, o Dr. Nuno Oliveira foi obrigado oficialmente (que não realmente, pois continuou a ter a mesma actividade e funções) a ser apenas Administrador NÃO-Executivo do Parque Biológico.

 

Convínhamos que foi uma solução que classificámos de “hábil e criativa” de contornar a lei (bem á maneira portuguesa), mas que na altura permitiu que o Dr. Nuno Oliveira tomasse posse e ocupasse o cargo de Presidente da Junta e de Deputado Municipal e se mantivesse igualmente como Administrador do Parque Biológico.

 

Agora, embora entendamos perfeitamente a opção que o Dr. Nuno terá eventualmente de vir a tomar, pois tendo dedicado os últimos 25 anos da sua vida profissional ao Parque Biológico, não seria fácil deixar tudo para ficar apenas a tratar dos “problemas” dos Avintenses, tememos no entanto pelo que possa acontecer, à Junta de Freguesia de Avintes.

 

E que já vão longe os tempos da euforia, que esta maioria PSD/CDS, criou nos Avintenses!

 

Depois uma campanha eleitoral um tanto ao quanto demagógica e populista, onde quase tudo valeu, desde cerimónias públicas com a presença do Sr. Presidente da Câmara e do Pároco de Avintes, poucos dias antes eleições onde se prometeram sedes para as colectividades sem se saber em que dia as podem ir ocupar, e ainda obras de reabilitação do teatro Almeida e Sousa, com um programa do QREN que já tinha terminado, ou mesmo com espetáculos com entrada grátis em pleno Parque Biológico, tudo serviu para iludir os Avintenses.

 

A juntar a isto houve ainda um programa eleitoral, que prometeu desde uma cooperativa para a regeneração urbana de Avintes, intitulada Avintes Nova, e continuando com o turismo sénior para idosos com passeios temáticos, com a sede em Avintes do plano estratégico do Parque Natural do Estuário do Douro, com uma intervenção imediata no Areinho, o Parque de Lazer na Mesquita, a construção dos pavilhões desportivos e piscina, os parques de estacionamento na Gândara e Igreja, o plano rodoviário com novas acessibilidades, o Festival Nacional de Teatro Amador, o programa de incentivo e valorização dos produtos locais, etc., etc.

 

Tudo isto como para que, como está escrito no programa eleitoral do PSD/CDS, “Avintes entre numa época de desenvolvimento”.

 

Mas convém igualmente recordar que logo no dia da tomada de posse, as coisas resfriaram, como o Sr. Presidente a avisar que “cuidado que as expectativas estão demasiado altas”!

 

Pois é, mas como diz o Povo, “quanto mais alto se sobe maior é a queda” e rapidamente esta maioria e este Executivo, começou a desiludir e a não ter capacidade de dar respostas aos anseios e às ilusões que criaram aos Avintenses.

 

Se nos primeiros meses, ainda foi possível manter o estado de graça, com a feliz coincidência do início da construção da rotunda, que nada teve que ver com a Junta, no cruzamento dos Pinhais Bastos, ou o começo das obras no Largo da Gândara, só para mostrar serviço, mas sem saber o que se iria verdadeiramente fazer, acabando por se perder uma oportunidade de se reabilitar um espaço nobre de Avintes com a dignidade que os Avintenses mereciam e que a Câmara tem feito noutras freguesias.

 

No seio do Executivo e da maioria começaram algum tempo depois, igualmente as divisões, que podemos sem receio falar delas, pois foram e são públicas e são os próprios que não as escondem e que provavelmente levaram à demissão da Vogal a três semanas do início da Festa da Broa (diga-se aqui, em razão da verdade, talvez das poucas iniciativas da Junta que efectivamente foram capazes de cumprirem com o que prometeram, melhorando-a significativamente), numa altura em que o Executivo mais trabalho tinha, numa atitude, que salvo razões que desconheço, demonstra pouca responsabilidade para quem ocupa cargos de serviço público.

 

Seguiram-se 2 meses de um certo impasse na Junta, que obrigaram à necessidade da renúncia de uma eleita do CDS e “ir buscar” um membro não eleito do mesmo partido mas aparentemente da confiança do Presidente da Junta.

 

Só que quando tudo parecia que ficaria resolvido, deu-se algo aparentemente incompreensível, na passada terça-feira!

 

Numa provável demonstração de desagrado para com a escolha feita pelo  Presidente da Junta, e aproveitando o facto de a eleição do novo vogal ser por voto secreto, os membros da maioria PSD/CDS (7 eleitos no total de 13) não se entendem e o Presidente da Junta apesar de ter a maioria absoluta perde a votação com apenas 5 votos a favor e 8 contra.

 

É pois neste ambiente de descrédito perante os avintenses, mas também incapazes de assumirem as responsabilidades que os Avintenses neles depositaram, que está a funcionar a actual maioria, numa total de desunião entre si e de falta solidariedade para com o Presidente da Junta.

 

Perante tudo isto (Presidente com possibilidade de se ir embora e membros da maioria PSD/CDS totalmente desunidos) qualquer avintense responsável terá de recear pelo futuro da Junta de Freguesia de Avintes.

 

Pela minha parte e pela parte dos restantes membros eleitos do PS queremos deixar claro, que não será por nós, que tudo aquilo que a maioria PSD/CDS prometeu aos Avintenses não será concretizado, bem pelo contrário, estamos disponíveis para com todos os que estejam de boa vontade, contribuirmos com a nossa voz e com o nosso empenho para defender os interesses dos Avintenses e lutarmos por aquilo a que temos direito e nos prometeram.

 

Podem disso os Avintenses estar seguros e seja quem for que venha assumir a Presidência da Junta de Avintes ficar descansado, mas naturalmente é fundamental que os membros da maioria PSD/CDS saibam assumir as suas responsabilidades.

publicado por Cip Castro às 00:37 | comentar | favorito
04
Out 11
04
Out 11

Calma pessoal, é apenas uma fotomontagem!

 

Leiam AQUI na pagina 4 do Notícias de Gaia, notícia verdadeira.

publicado por Cip Castro às 12:46 | comentar | ver comentários (4) | favorito