PARQUE BIOLÓGICO, um espaço de educação ambiental ou de diversão PIMBA?

 

 

Certo dia, julgo que logo após o Senhor do Palheirino, faz agora 1 ou 2 anos, o Dr. Nuno Oliveira, que ainda não sabia que voltaria a ter que se recandidatar a um segundo mandato na Junta de Freguesia de Avintes, lamentou-se de nas festas de Avintes ainda se lançarem foguetes, ainda por cima, logo às 8 horas da manhã, o que entre outras coisas prejudicava a tranquilidade do Parque e o sossego dos animais!

 
Ainda segundo o senhor Director e Administrador, deste excelente espaço de educação ambiental, que se localiza em Avintes e que já fez 25 anos de existência, não se justifica em pleno século XXI o lançamento de foguetes, não só por causa dos incêndios, mas ainda porque prejudica o descanso dos cidadãos e também, os “pobres” dos animais do Parque.
 
Também ao Dr. Nuno Oliveira, ouvi-o dizer muitas vezes que o Parque Biológico é um espaço de educação ambiental, e não um parque de lazer ou restauração (apesar da existência de um restaurante Self-service e de um parque de merendas) e que ele enquanto Director e Administrador, sempre se oporia a adulterarem os objectivos para os quais foi criado o Parque Biológico Municipal!
 
É por isso com admiração (para não dizer outra coisa) que vejo agora, em pleno Parque Biológico, ao ar livre, a montagem de um enorme palco, com umas potentes colunas de som e potente sistema de luzes, para se realizar um espectáculo PIMBA.
 
Como se compreende que no mesmo local onde antes uns simples foguetes, lançados em pleno dia a mais de 1km de distância, prejudicariam o sossego dos animais, se vá agora realizar durante a noite, a horas a que os animais estão realmente a descansar, um espectáculo, com tamanha potência de decibéis?
 
O ser humano é mesmo um animal estranho, e o Sr. Dr. Menezes um homem com muitos poderes!
 
publicado por Cip Castro às 15:12 | comentar | favorito