Para que conste!

Por diversos motivos, quer profissionais quer de actividades autárquicas e partidárias, não tenho tido disponibilidade para “actualizar o meu blog”.

 
Mas como fui desafiado, embora não saiba por quem, dado que se esconde na “capa do anonimato”, vou procurar uma vez mais, mostrar neste blog, que o que falta em Avintes não são ideias ou propostas, mas sim a falta de vontade da parte da Câmara de Gaia de investir em Avintes (excepção feita agora de forma eleitoralista, a poucas semanas das eleições e mesmo assim apenas através de protocolos de intenções, que infelizmente não se sabe quando serão concretizados).
 
Não sou daqueles que morando e trabalhando na Urbanização dos Pinhais Bastos, apenas conheça de Avintes as ruas dessa urbanização, ou as instituições que se encontram nessa zona!
 
Sou um cidadão interessado, ao longo dos meus 46 anos de vida, por tudo o que diz respeito à minha terra natal, e quero (e julgo já ter dado algum contributo nesse sentido) contribuir para um equilibrado e sustentado desenvolvimento e progresso de Avintes.
 
Sou um cidadão participativo, em tudo o que diz respeito a Avintes, onde para além de associado de muitas colectividades, participo dentro das minhas possibilidades e gostos, nas suas iniciativas e actividades, sou presidente da AG do Grupo Mérito, sou autarca de freguesia, ando pelas ruas, vou a cafés, confeitarias, restaurantes, enfim “vivo” em toda a plenitude da palavra, na minha terra.
 
Em palavras simples, não me sirvo da minha terra, mas pelo contrário procuro servir a minha terra.
 
Faço-o não porque alguém me pediu ou convidou, ou por outra qualquer condição que me traga benefícios pessoais, ou mesmo porque estamos a poucas semanas de umas eleições e eu sou candidato, mas por iniciativa própria e de forma continuada, desde que me conheço e me ensinaram a gostar de Avintes.
 
Não vou falar das propostas partidárias (para isso há blogs próprios), e este blog não nasceu para isso, é um blog pessoal e tudo o que aqui escrevo, apenas a mim me responsabiliza.
 
Sobre algumas das minhas ideias, devo referir que tenho apresentado algumas no Fórum Avintense, através das comunicações que faço desde 1999 e que estão publicadas em livro pela Junta de Freguesia, podendo ser consultadas na Biblioteca da Junta de Freguesia de Avintes, e ainda através do Caminho Novo, do jornal Noticias de Avintes e da Filarmónica.
 
De seguida apresento umas das provas que fundamentam a minha opinião de que não existem falta de propostas em Avintes, apresentando uma cópia de um “documento de trabalho” de MARÇO de 2006 entregue pela Junta de Freguesia de Avintes, numa reunião (noticiada na comunicação social) entre a Junta de Avintes e a Câmara de Gaia em que também participei, e onde esteve presente o Dr. Filipe Menezes, e em que o Presidente da Junta de Avintes apresentou as propostas e prioridades para o mandato que agora termina.
 
Eu, até pelo facto de ser membro da Junta de Freguesia, revejo-me nestas propostas, algumas das quais, aparecem agora por aí, como sendo propostas novas, mas que na verdade são propostas da Junta de Freguesia de Avintes!
 
Como se poderá deduzir, não foi por falta de ideias ou propostas da parte da Junta de Freguesia, ou mesmo da falta de diálogo, que neste mandato a Câmara de Gaia, não fez uma única obra em Avintes, excepção da malfadada Rua 5 de Outubro, obra que nunca mais acaba!

 

publicado por Cip Castro às 15:34 | comentar | favorito